Como evitar a procrastinação e se tornar um freelancer produtivo

Quantos minutos você leva entre abrir o word e começar a digitar as primeiras palavras? Ou entre abrir o editor de imagens e botar na tela os primeiros esboços? Nenhuma destas tarefas é difícil, mas o que levaria segundos pode demorar minutos ou horas sem o foco necessário. Independente da profissão, idade ou dos anos de experiência, a tentação de gastar tempo para postergar as obrigações é universal. A procrastinação não discrimina ninguém.

Tirar alguns minutos do dia para descansar, esticar o corpo e relaxar um pouco a mente não é problema, inclusive é recomendável. O perigo mora em deixar estes minutos se estenderem até que comecem a afetar a produtividade.

Mas calma, não precisa se desesperar. Você não está sozinho na luta contra a procrastinação, diversos freelancers passam pelo mesmo e por isso foram desenvolvidas cinco ténicas para acabar com (ou pelo menos reduzir) a procrastinação.

Confira nossas dicas para se tornar um freelancer produtivo.

1 – Não deixe para depois o que você pode fazer agora.

Essas frases prontas são de girar os olhos de indignação, já ouvimos vinte vezes e nada mudou, certo? Não exatamente. Pensando pura e racionalmente a frase faz muito sentido. Postergar tarefas para o seu eu do futuro dá o dobro de trabalho para a mente. Pense assim: você tem que pensar no problema, se preocupar com o problema, redobrar a preocupação quando o prazo for ficando mais curto e finalmente realizar o que precisa ser feito com pressa. É mais fácil resolver o que precisa ser resolvido de uma vez só para liberar a mente para o descanso ou para outras tarefas. O ideal é nem pensar muito, simplesmente botar a mão na massa e deixar para curtir o cansaço depois, quando puder se presentear com uma boa folga.

2 – Estabeleça metas e se presenteie

Quando as tarefas são longas é difícil manter a empolgação sabendo que a recompensa virá apenas lá na frente. Para que o entusiasmo seja renovado com mais frequência é indicado se oferecer pequenos agrados ao longo do caminho. Por exemplo: estabeleça que ao fim de cada 500 palavras digitadas você poderá comer um chocolate.

Mais 500 palavras digitadas e a recompensa será 10 minutos de descanso. Pode parecer bobo, mas dividir o trabalho em parcelas trará a sensação de meta cumprida e oferecer algo em troca das horas de foco serve de motivação recorrente.

3 – Cuidado com as redes sociais

Não precisa chegar ao ponto de bloquear as redes sociais como acontece em alguns ambientes laborais, a disciplina é novamente sua maioria aliada. Mantenha o celular longe e as redes sociais fechadas quando for a hora de produzir. Adote a estratégia anterior e faça com que olhar o facebook ou atualizar o instagram seja uma das recompensas depois que alguma meta for alcançada.

Os mais viciados podem contar com a ajuda de aplicativos como o Forest que faz com que você cultive uma árvore virtual durante o tempo que não mexe no celular e ganhe moedas para que uma árvore seja plantada na realidade caso consiga resistir à tentação.

4 – Delimite suas horas de trabalho e seu espaço

Uma das melhores partes de trabalhar com freelancer é poder exercer sua profissão de casa ou de qualquer lugar. Entretanto, é preciso disciplina para que o sistema funcione sem prejudicar a vida profissional e pessoal. É imprescindível limitar bem o espaço da casa que servirá de escritório e as horas do dia que serão dedicadas ao trabalho. Você é seu próprio chefe, aja como tal.

Pare de procrastinar

Pare de procrastinar

Com a mesma severidade observada dentro de algumas empresas, se obrigue a separar mentalmente o espaço casa e trabalho. Estabelecer uma rotina, tirar o pijama mesmo estando em casa, fazer pausas de 1h para o almoço são apensas alguns exemplos do que pode ajudar a manter foco total durante as horas de produção e pode diminuir a distração com outros afazeres da casa.

5 – Centralize suas obrigações

O momento mais fácil de se perder na procrastinação é entre uma atividade e outra, centralizar tudo em um único lugar permite que a passagem não seja tão perceptível e a linha de foco não seja quebrada. Plataformas como o PiXo centralizam afazeres como a busca de clientes, a negociação e o pagamento em um lugar só, restando ao freelancer apenas a obrigação de colocar suas habilidades em prática e entregar o projeto proposto.

Mais uma vez agradecemos a visita e contamos com o seu comentário abaixo.

30/09/2017